Artigo

VIDA DE PASTOR

Assim é reconhecido o Pastor por todos os atos seus:

ungido, ministro do Evangelho, embaixador de Deus.

Levando a “preciosa semente”, segue firme o Pastor

cumprindo o santo ministério que recebeu do Senhor.

 

Os mais diversos momentos chegam ao seu dia a dia:

há os de decepção e tristeza; outros, de muita alegria!

Sofre com o que chora, ri com o que se alegra

e ajuda àquele que a carga pesada carrega.

 

Assim é a vida de um Pastor na sua árdua missão:

estuda e pratica a Palavra com afinco e dedicação

e, através dos sermões, a Igreja é alimentada

para tornar-se muito mais viva e abençoada!

 

Se a ovelha adoece, leva-lhe um bálsamo de ternura,

fazendo renascer a esperança em quem era só amargura.

Andando e repartindo o que aprendeu com a lição de Jesus,

segue o Pastor anunciando AQUELE que é Vida e Luz!

 

Por essas e outras razões convido você, meu Irmão,  

a dar mais atenção ao Pastor e, a ele, estender a sua mão

sendo o amigo, o companheiro, o seu ajudador presente,

trabalhando para que o Ministério Pastoral seja crescente.

 

Cabe a nós como parte do rebanho, ao Pastor prestigiar.

Ele foi por Deus escolhido para as ovelhas pastorear.

E, o melhor presente que a ele podemos dar:

é estender-lhe a mão com amor no coração e, por ele, orar.

 

Se recebi de meu Deus um coração para amar,

cada gesto meu precisa esse amor demonstrar.

E é para o Pastor que canto estes versos, dizendo:

vale a pena a vontade de Deus sempre buscar.